Esporte Na Escola X Esporte Da Escola

Sem dúvida alguma, o esporte é o conteúdo mais difundido nas aulas de Educação Física nas escolas.  O oferecimento de atividades esportivas pela escola possibilita aos alunos experimentar diferentes modalidades. A ênfase do esporte na escola não deveria estar no rendimento profissional, mas na parte lúdica e recreativa. Isso possibilita a crianças e adolescentes interagir, compartilhar momentos de socialização e cooperação e construir atitudes de respeito, companheirismo e solidariedade.

Porém, em muitos lugares, a prática do esporte é tão significativa no sistema de ensino escolar que deixou de ser o esporte da escola, para ser o esporte na escola, como se a Educação Física fosse subordinada aos princípios do esporte. Assim, a relação entre professor e aluno passou a ser uma relação de professor-treinador e aluno-atleta. É importante que os alunos, com a prática de esportes, aprenderem não apenas a competir: Aprenderem ainda que para ser o primeiro, continuar nas competições e ter um bom rendimento é preciso ter metas, responsabilidade, força de vontade e interesse. 

Para o professor, é importante ter aulas motivadoras e que chamem atenção do aluno. Um bom recurso é ter  aulas em videos de esportes que ensinam fundamentos e momentos do jogo para treinamento. Um professor não precisa ser especialista em basquete para dar aula sobre o assunto. Mas ter dicas sobre como fazer um melhor arremesso pode facilitar bem o processo. 

O esporte na escola passou a assumir os princípios da instituição esportiva, dando maior valor a competição, concorrência e rendimento, ao assumir estes, a escola tornou-se a base da pirâmide esportiva. Não que a competição não tenha seu valor, o problema está nos excessos que muitas vezes a competição leva.

Esses excessos, dependendo do objetivo que a escola tem com a educação física é preciso ser combatido pelo professor. O desporto não possui nenhuma virtude mágica. Ele não é em si mesmo nem socializante nem anti-socializante. Ele é aquilo que se fizer dele. A prática de judô ou râguebi pode formar tanto patifes como homens perfeitos preocupados com o "fair-play".

Atenção, professores!


EDUCAÇÃOFÍSICAA

Escola

Foto: divulgação