Associação Olímpica Indiana é Suspensa Pelo Ministério Do Esporte Do País

O Ministério do Esporte da Índia cortou o financiamento da Associação Olímpica Indiana (IOA) e suspendeu o órgão depois que a organização concedeu presidências honorárias a duas autoridades que estão sendo acusadas de corrupção.

Os ex-presidentes da IOA Suresh Kalmadi e Abhay Singh Chautala foram propostos por unanimidade para os cargos - que são em grande parte cerimoniais e não trazem nenhum poder de voto ou direito de participar de eventos - durante a Assembléia Geral Anual na cidade de Chennai.

"A IOA deixará de gozar dos privilégios e prerrogativas conferidas a ela pelo Governo, como o Comitê Olímpico Nacional. Toda a assistência governamental, financeira ou não, à IOA também será interrompida.", disse o Ministério do Esporte do país em um comunicado enviado à Reuters.

O Ministério do Esporte escreveu ao IOA pedindo-lhes para explicar por que os dois receberam tais honras, emitindo uma notificação em 28 de dezembro e ordenando três dias para a IOA dar uma resposta. Entretanto, a mesma alegou que não seria capaz de cumprir o prazo porque seu atual presidente, N Ramachandran, está atualmente no exterior, solicitando 15 dias para responder.

Surto Olímpico

Foto: Reuters