Escândalo De Corrupção Abala Basquete Universitário Americano

Um escândalo de corrupção tomou conta do cenário do basquete universitário americano, a NCAA, nesta terça-feira. Quatro assistentes técnicos da competição foram presos por suspeita de fraude, corrupção e pagamento de propina. Entre os acusados está Chuck Person, que teve uma carreira de sucesso na NBA, principal liga do esporte no mundo.

Outros seis nomes fazem parte do escândalo, que envolve também o recebimento de milhares de dólares em propina, para direcionar estrelas da faculdade destinadas à NBA a certos agentes esportivos e conselheiros financeiros.

No mesmo esquema, James Gatto, diretor de marketing esportivo de uma fornecedora alemã, é suspeito de pagar 100 mil dólares (cerca de R$ 316 mil) à família de um jogador para que ele aceite atuar por determinada universidade, patrocinada pela mesma companhia que emprega Gatto.

No caso de outro jogador, a quantia de 150 mil dólares (cerca de R$ 474 mil) foi paga para que o atleta escolhesse uma universidade patrocinada pela fornecedora envolvida, assinasse com Christian Dawkins, um agente da NBA e, posteriormente, fechasse um acordo de patrocínio com a marca.

Chuck Person é acusado de usar sua posição de assistente técnico para receber propinas ao indicar conselheiros financeiros para os atletas. Book Richardson, Tony Bland e Lamont Evans, assistentes técnicos de outras equipes da NCAA, também foram indiciados por cobrarem para facilitar o acordo de atletas com empresários.


GAZETA ESPORTIVA

Mais Esportes/Basquete 

Foto: Streeter Lecka/Getty Images/AFP