A Capoeira No Sapecca

A capoeira desenvolvida no Sapecca centra-se em torno da ludicidade e seus processos educativos, onde o princípio básico é o exercício cotidiano da cidadania, através da participação efetiva nos planejamentos, decisões, execuções e avaliações das práticas sociais. Os direitos sociais da educação, saúde, trabalho e cultura são constantemente reinterpretados junto às crianças e adolescentes. Tendo com objetivo desenvolver uns trabalhos interdisciplinares com crianças e adolescentes, visando contribuir na construção e resgate do exercício da cidadania dos mesmos, através do entendimento da prática da capoeira. O trabalho é realizado em regime de oficinas – instrumentos, cantos, movimentos de capoeira e debates de temas escolhidos pelo grupo. A relação dialógica entre as crianças e adolescentes promove a capacidade de julgar, opinar, avaliar etc. Principais resultados: construção de uma peça teatral sobre a história de Zumbi dos Palmares envolvendo a Capoeira, o Maculelê, o Jongo e o Hip Hop, onde as crianças e adolescentes se apropriaram da história que a capoeira carrega. Aconteceram debates sobre o ECA na Escola Municipal João Goulart promovido pelas lideranças do grupo. Podemos concluir que o encontro entre elementos da cultura popular e o universo acadêmico propicia um trabalho integrado entre universidade e comunidade.

Veja texto completo em anexo