Ciclista Paranaense Chega A 202 Km/h E Bate Recorde Mundial

Na manhã deste domingo, 26, o ciclista profissional Evandro Portela alcançou uma marca histórica ao atingir a velocidade de 202 km/h, pedalando no vácuo de um carro e em estrada de rodagem comum. Por cerca de 30 minutos a BR 277, entre Curitiba e São José dos Pinhais, ficou interditada para testemunhar a maior velocidade já atingida por um ciclista em todo o mundo.

O atleta bateu o próprio recorde que havia sido 184 km/h,e aguarda agora a confirmação no Guinness Book. A avaliação pelos juízes do livro dos recordes será feita de forma online após a coleta de todos os dados e imagens.

“É uma emoção muito grande, um sonho conquistado e um grande desafio. Não foi fácil, enfrentei um vento contra de 20 km/h, que dificultou muito a minha progressão de velocidade. Quando estava em 190 km/h já não enxergava mais nada, a roda traseira já estava no ar, mas consegui controlar a bike e manter. Persisti e batemos a marca! Foi muito difícil, mas compensador”, afirmou Portela, via assessoria de imprensa.

O evento teve estrutura de segurança e apoio da Ecovia, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PR) e Prefeitura de São José dos Pinhais.

Como foi

Evandro iniciou pedalando até ganhar velocidade. Ao atingir 50 km/h, o atleta entrou no vácuo do carro e juntos aceleraram até chegar à velocidade final em uma distância de 11 quilômetros. O desafio foi homologado pela Associação de Comissários de Ciclismo do Paraná.

O equipamento de Evandro foi especialmente preparado para a ocasião. Todos os rolamentos da bicicleta são de cerâmica, que não têm atrito e suportam velocidades maiores. A roda da frente é de alumínio, mais pesada e, portanto, mais estável do que uma de carbono. Os raios da roda traseira são achatados e oferecem pouca resistência com o ar. A roupa foi desenvolvida para cortar o vento.


GAZETA DO POVO

Esportes

Foto: Erik Steudel/ Divulgação