Delegação Brasileira Paralímpica De Atletismo Já Está Em Doha Para Mundial

A delegação brasileira que representará o país no Mundial Paralímpico de Atletismo já se encontra em Doha, no Catar. A competição ocorrerá entre os dias 22 e 31 de outubro, no Estádio Suhaim Bin Hamam, em Doha. Ao todo, 40 atletas foram convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para o evento. Medalhistas paralímpicos como Lucas Prado, Terezinha Guilhermina, Yohansson do Nascimento estão na lista. 

A delegação tem como objetivo manter o país entre as cinco maiores potências da modalidade. Com este fim, a comissão técnica do atletismo paralímpico nacional prestou uma atenção especial no período de aclimatação na capital do Catar. 

"Os dez dias que ficaremos em Doha antes do Mundial servirão para acostumar os atletas com a temperatura da cidade, que é muito alta e pode ter influência na performance. Também temos uma preocupação com o fuso-horário, de seis horas. Então, esta ida com uma certa antecedência serve para que possamos controlar as variáveis que podem atrapalhar os atletas de alguma forma antes da competição", disse Ciro Winckler, coordenador-técnico do atletismo pelo CPB. 

Esta será a quinta edição do Mundial Paralímpico de Atletismo organizada pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês). A última ocorreu em Lyon, na França, em 2013. Na ocasião, o Brasil conquistou 40 medalhas, sendo 16 de ouro, dez de prata e 14 de bronze, o que rendeu ao país a terceira posição no quadro geral de medalhas do evento.

O Mundial Paralímpico de Atletismo será disputado por 1.315 atletas (incluindo atletas-guia) de 88 países. A cerimônia de abertura ocorrerá no dia 21 de outubro.