Mundial De Surfe Inicia Na Austrália

A elite do surfe mundial está novamente reunida. Na noite desta última segunda-feira (13) - manhã de terça-feira na Austrália - foi dada a largada para a temporada 2017 dos tours masculino e feminino da Liga Mundial (WSL). 

O primeiro compromisso do ano tem como palco as direitas de Snaper Rocks, na badalada costa australiana. A janela de competição para o Quiksilver Pro Gold Coast (masculino) e para o Roxy Pro Gold Coast (feminino) vai até o próximo dia 25. 

Entre as novidades principais deste ano está a parceria entre a WSL e o Facebook para a transmissão ao vivo de todas as etapas do tour através da página da WSL na rede social. Tal acerto reforça o crescimento midiático da modalidade. O canal a cabo ESPN é outra opção para acompanhar o evento. 

Na disputa feminina, destaque para o retorno da cearense Silvana Lima, única representante nacional na elite do surfe mundial. O tour masculino, por sua vez, terá nove brasileiros na briga pelo título, entre eles os já campeões mundiais Adriano de Souza (2015) e Gabriel Medina (2014). Medina, que terminou a temporada passada em alta após excelente recuperação no segundo semestre, adiantou estar focado no bicampeonato. 

Competem ainda os paulistas Filipe Toledo, Wiggolly Dantas, Miguel Pupo e Caio Ibelli, os potiguares Ítalo Ferreira e Jadson André e o pernambucano Ian Gouveia, filho do paraibano Fábio Gouveia. Ian competirá pela primeira vez na elite da modalidade com a chance de manter o Brasil no topo da categoria “estreante do ano”. Em 2014, o melhor estreante foi Ítalo, enquanto em 2015 o título ficou com Caio.


FOLHA PE

Esportes

Foto: divulgação