Brasil Leva Cinco Medalhas Em Etapa Da Copa Do Mundo De Ginástica

Após o jejum no primeiro dia das finais da etapa de Osijek (CRO) da Copa do Mundo de ginástica artística, o Brasil conquistou, neste domingo, cinco medalhas (três ouros, uma prata e um bronze). A grande campeã do dia foi a novata Thais Fidelis, com duas medalhas douradas. O SporTV reprisa as finais às 17h45.

Estreante na Seleção Brasileira, Thais conquistou sua primeira medalha na etapa da Eslovênia, um bronze na trave. Com a maior nota de dificuldade neste aparelho (5,9), a ginasta acertou a série e foi a campeã, com 13,467 pontos. Flavinha Saraiva também subiu ao pódio, com o bronze. A Pequena Notável teve um problema na entrada do aparelho (colocou a mão na trave) e somou 12,933. A prata ficou com a russa Anastasiia Iliankova (13,333).

Pouco depois, as brasileiras disputavam a final de solo que, mais uma vez, coroou Fidelis. A jovem de 15 anos somou 13,733 - novamente com a maior nota de dificuldade (5,4) - e faturou o ouro. Flavinha foi prata ao conseguir 13,633 e a russa Liliia Akhaimova ficou com o bronze, com 13,500.

Nas argolas, o ouro ficou, novamente, nas mãos de Arthur Zanetti. O campeão olímpico somou 14,900 - mesma pontuação da classificatória - e segue com 100% de aproveitamento em 2017 (também foi ouro na Eslovênia). O russo Nilita Simonov (14,400) foi prata e o israelense Eyal Glazer (14,233) completou o pódio.

​​O Brasil ainda teve Francisco Barreto na final da barra fixa - mesma prova em que foi finalista olímpico. Mesmo com a maior nota de dificuldade (6,3), Chico não teve uma boa execução e terminou na sétima colocação, com 13,533. Ele conseguiu a mesma posição na final das argolas (12,800).


NOTÍCIAS DO DIA

Esportes

Foto: divulgação