Seul Apoia Participação Da Coreia Do Norte Nos Jogos Olímpicos De Inverno

Seul afirmou nesta terça-feira que é favorável à participação da Coreia do Norte nos Jogos Olímpicos de Inverno que serão realizados em fevereiro na cidade sul-coreana de PyeongChang, apesar de os Estados Unidos terem designado o país como patrocinador do terrorismo.

"A decisão de Washington de incluir a Coreia do Norte na lista e a nossa postura a respeito não têm nada a ver com os Jogos Olímpicos de PyeongChang", disse à Agência Efe um porta-voz do Ministério sul-coreano de Relações Exteriores.

Seul considera que a medida anunciada pelo presidente americano, Donald Trump, pode contribuir para aumentar a pressão e as sanções sobre regime de Kim Jong-un, afirmou em comunicado a Chancelaria sul-coreana.

A inclusão da Coreia do Norte na lista de países patrocinadores do terrorismo, da qual tinha sido retirada em 2008 para avançar nas negociações para sua desnuclearização, estará acompanhada de novas sanções que o Departamento do Tesouro prevê emitir nesta terça-feira.

Ao mesmo tempo que optou por uma postura mais dura frente ao Norte em linha com Washington, o Governo sul-coreano defendeu a participação do país vizinho no evento olímpico que será realizado em PyeongChang (ao leste de Seul) entre fevereiro e março.

Os organizadores inclusive deram por certo que os esportistas norte-coreanos participarão dos Jogos Olímpicos de Inverno e afirmaram que existem "indícios" que apontam para isso.

A Coreia do Norte, no entanto, manteve por enquanto silêncio com relação à participação do casal de patinadores artísticos Ryom Tae-ok e Kim Ju-sik, os únicos atletas norte-coreanos que se classificaram para PyeongChang 2018.

Ambos países permanecem tecnicamente em guerra, já que o conflito que entre elas que durou de 1950 e 1953 terminou com um cessar-fogo e não com um tratado de paz.


ESPN

Notícia

Foto: divulgação