Quenianos Dominam Maratona De Chicago

Os quenianos Dickson Chumba e Florence Kiplagat foram este domingo os vencedores da Maratona de Chicago, que teve mais uma vez os dois pódios totalmente compostos por atletas africanos.

A prova, uma das majors do circuito mundial de maratonas e que se caracteriza pela ausência de lebres, foi ganha no setor masculino por Chumba em 2:09.25 horas, seguido pelos também quenianos Sammy Kitwara (2:09.50) e Sammy Ndungu (2:10.06). O primeiro não africano foi o norte-americano Luke Puskedra, em quinto.

Chumba, que já tem no palmarés vitórias em Roma, Eindhoven e Tóquio, tem como recorde pessoal 2:05.42, feitos justamente na maratona da capital nipónica este ano.

Florence Kiplagat, que tem grandes marcas em 10.000 metros e meia-maratona, também não é estreante em vitórias de maratonas, tendo vencido em Berlim por duas vezes, além de terminar várias vezes entre as primeiras.

Este domingo, venceu em 2:23.33, dez segundos à frente da etíope Yebrgual Melese. A terceira foi outra etíope, Birhane Dibaba, que gastou 2:24.24, um segundo à frente da japonesa Kayoko Fukushi.