Ganhar Peso Sem Perder Saúde

É mais fácil engordar do que emagrecer, dirão os gordos... Mas tanto os nutricionistas como quem não consegue engordar sabe que, embora o princípio de engordar se baseia no mesmíssimo princípio de emagrecer, ou seja, ambas as situações dependem do balanço energético ser positivo ou negativo, entre a teoria e a prática vai uma grande distância.

Embora o motivo mais comum que leva as pessoas a pedirem uma consulta de nutrição, seja, inequivocamente o excesso de peso e a obesidade, até porque todos os media e publicidade se orientam para esse fim, a verdade é que há pessoas que querem engordar e não conseguem. Não serão muitas, mas são pessoas que embora não apresentem normalmente problemas de saúde física, têm muitas vezes problemas de autoestima. E por isso requerem a mesma atenção e o mesmo cuidado do que as que têm peso a mais.

São geralmente jovens. Os do sexo masculino querem sobretudo aumentar a sua massa muscular mas, inúmeras vezes, apesar de frequentarem o ginásio, não comem para compensar o exercício físico e podem mesmo perder músculo. As raparigas querem ficar mais gordinhas porque não têm uma boa relação com o espelho. 

 É mais fácil engordar do que emagrecer, dirão os gordos... Mas tanto os nutricionistas como quem não consegue engordar sabe que, embora o princípio de engordar se baseia no mesmíssimo princípio de emagrecer, ou seja, ambas as situações dependem do balanço energético ser positivo ou negativo, entre a teoria e a prática vai uma grande distância.

Vejamos. Se se ingerirem mais calorias do que aquelas que o organismo consegue queimar, o resultado é a acumulação de gordura e o aumento de peso. Na realidade, embora às vezes possa parecer que não comemos o suficiente para engordar, a verdade é que só engordamos através da ingestão de alimentos e não de qualquer outra forma, independentemente dos fatores ambientais ou genéticos a isso associados.

Quando não se consegue aumentar de peso, e tal como se faz nos outros casos, é importante avaliar a ingestão de alimentos, a atividade profissional e o nível de atividade física dessa pessoa. Isso permitirá avaliar se as calorias que ingere são suficientes para “garantir” a sua atividade diária. Mas, por vezes, constata-se que, mesmo havendo um balanço energético positivo, tal não é suficiente para permitir o aumento de peso. Ser geneticamente magro dificulta muito esta tarefa. 

Por outro lado, também acontece as pessoas não comerem o suficiente por falta de apetite e então não será tão fácil criar um balanço energético positivo. Como fazê-las comer? É aconselhável fazer uma abordagem psicológica para avaliar os motivos para a recusa em comer. Também não se deve descartar a possibilidade de haver qualquer distúrbio endócrino ou de outro problema de saúde, sobretudo se houve perda de peso recente. Neste último caso, consultar um médico

O aumento de peso deve fazer-se, como já se depreendeu, através de uma maior ingestão de calorias, mas de uma forma equilibrada e saudável. Ou seja, tal como nas dietas de emagrecimento, o importante é não perder saúde, e se possível, ganhá-la. Por isso não se receitam fritos ou excessos de gordura ou açúcar, apesar da sua densidade calórica... Mas uma forma fácil de o conseguir sem aumentar muito o volume de alimentos é molhar pão em azeite nas refeições principais e comer frutos secos como nozes ou amendoins nas refeições intercalares. São alimentos ricos em calorias e gorduras, mas saudáveis. Um bocado de chocolate negro também pode ajudar sem encher demasiado. E aumentar o número de refeições quando se sente que o estômago não permite aumentar as quantidades ao almoço e jantar. 

Quanto à atividade física, e sempre que não se conseguir adequar a ingestão de alimentos ao exercício praticado, que é o mesmo que dizer sempre que não se conseguir comer tudo o que seria desejável, deverá adaptar-se o exercício à ingestão calórica podendo ser necessário reduzir quer a sua frequência quer a sua intensidade.


PAULA VELOSO

Nutricionista e autora de Dietas sem Dieta, Dieta sem Castigo e Peso, uma questão de peso.