Pesquisa Mostra Que 3h De Exercícios Semanais Ajudam A Prevenir Alzheimer

Uma pesquisa da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Rio Claro mostra que três horas de exercícios físicos semanais são capazes de retardar e até prevenir o Alzheimer, inclusive nos casos em que há predisposição genética.

O estudo que durou quatro anos levou em consideração fatores genéticos que podem aumentar o risco do processo neurodegenerativo e a existência de substâncias associadas à formação de placas amilóides, depósitos que causam inflamações e prejudicam os neurônios, aumentando em até quatro vezes o risco de Alzheimer.

“Vários estudos já apontaram que os idosos apresentam essa inflamação e essa inflamação é sistêmica, então ela está presente no meu corpo inteiro, e, uma vez presente, ela está sinalizando que tem a ação do sistema imunológico, que ele pode estar causando a morte de algumas células”, explicou a pesquisadora Carla Nascimento.

Essas inflamações trazem prejuízos com o tempo e afetam a saúde do cérebro, mas isso pode mudar com uma rotina de exercícios como a proposta na pesquisa, em que a atividade é contínua e tem nível moderado. Resumindo, é como se a atividade física funcionasse como um anti-inflamatório natural, ajudando a frear o processo de degeneração.

O estudo focou idosos com comprometimento cognitivo leve, uma condição que frequentemente precede o aparecimento de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer.

“A gente verificou que existe uma redução desses marcadores de inflamação para esses idosos com uma melhora nesses componentes de funções cognitivas, que são memória, atenção, concentração, planejamento, sequenciamento para executar as atividades da vida diária”, disse Carla.

Prática

“O envelhecimento tem que ser pensado muito cedo na nossa vida, então se a gente já começar a se preparar para envelhecer bem e, tendo de rotina esses exercícios, a gente vai envelhecer muito melhor”, aconselhou a professora Márcia Cominetti.

A Unesp de Rio Claro tem um projeto de atividades físicas para idosos com Alzheimer. As vagas são limitadas e os interessados podem se informar sobre as inscrições pelo telefone (19) 3526-4312. Em São Carlos, a unidade de saúde da família do bairro Cidade Aracy II tem um projeto de caminhada orientada para a terceira idade. O telefone é (16) 3375-6783.