Secar Barriga Sem Adotar Dietas Radicais é Também Uma Questão De Saúde

Secar a barriga para o verão não se trata, apenas, de mudar a alimentação ou começar a fazer exercícios físicos regularmente. Essas atitudes podem contribuir, sim, com a escultura corporal, mas há mudanças mais importantes que ajudam o corpo a desinchar e diminuir.

Confira abaixo algumas atitudes que podem ser tomadas ainda hoje para chegar ao verão com o corpo desejado:

Vá mais ao banheiro. O bom funcionamento do intestino é fundamental para manter a barriga lisinha, além de diminuir as chances de prisão de ventre e formação de gases que causam estufamento. Manter a microbiota intestinal saudável também ajuda na absorção de nutrientes pelo corpo, diminui o risco de retenção de líquidos, de aumento da compulsão por doces, de insônia, entre outros problemas que favorecem o ganho de peso.

Abuse do iogurte. Beber muita água e consumir iogurtes com lactobacilos favorece a microbiota da região. Alimentos como a maçã, o maracujá e a aveia também são boas opções porque melhoram o trânsito intestinal e a absorção de nutrientes que ajudam a diminuir a gordura abdominal, pois são ricos em fibras solúveis.

Inclua mais frutas. Comer frutas de maneira geral ajuda a secar a barriga devido à alta presença de fibras, que além de melhorar a microbiota intestinal, também diminuem a absorção de gordura e proporcionam saciedade. As mais ricas em fibras são o maracujá, a maçã e a ameixa. Frutas como o kiwi, o morango, a laranja, a acerola, a goiaba e a tangerina são ricos em vitamina C e também têm ação antioxidante, que é boa para a perda de gordura abdominal.

O abacate é uma das frutas que contribui para a perda da barriguinha, já que ajuda na perda da gordura abdominal. Outras frutas importantes e que devem ser consumidas são frutas vermelhas e roxas, como a amora, a uva e a framboesa, que também possuem ação antioxidante.

Prefira vegetais diuréticos. As verduras ajudam a acelerar o metabolismo. A couve, a salsa e o agrião ainda possuem propriedade diuréticas que ajudam a reduzir a retenção de líquidos que se acumula na barriga causando inchaço. Os vegetais mais indicados são aqueles ricos em magnésio, como a beterraba, acelga, quiabo e alcachofra. A berinjela também é uma ótima opção por ser rica em fibras solúveis.

Água, água, água. A água é fundamental para que todas as reações do organismo sejam realizadas. Seja para queimar gorduras, eliminar toxinas, melhorar o funcionamento do intestino ou acabar com a retenção de líquidos, a ingestão de água é muito importante. A quantidade diária a ser ingerida varia de acordo com o indivíduo, levando-se em conta aspectos alimentares e intensidade de atividade física realizada.


GAZETA DO POVO

Viver-bem

Foto: Bigstock