Conheça Os 7 Maiores Mitos Sobre Empreendedorismo

Muito se ouve falar que investir em negócios é a porta para o sucesso, certo? Contudo, existem informações distorcidas que fazem alguns acreditar que o empreendedorismo é destinado a um público seleto, que pode ser contado nos dedos. Acredite: dedicação, comprometimento e força de vontade são as ferramentas para conquistar êxito nesse âmbito e tirar de letra os possíveis obstáculos.

Assim, apresentamos abaixo os principais mitos sobre empreendedorismo. Siga o conteúdo e descubra como esse universo é abrangente e cheio de oportunidades. Aqui está a chance de se tornar um empreendedor de sucesso.

1. Ter muito dinheiro para investir é fundamental

Com certeza, você já escutou de alguém que para empreender é necessário ter uma quantia considerável de dinheiro, certo? Pois, então, saiba que essa frase não é verdadeira. Claro que é preciso ter um certo capital para começar o negócio, contudo existe a possibilidade de conseguir recursos extras por meio de investimento externo.

Para isso, apresente uma proposta bem elaborada a potenciais investidores e explique com detalhes o seu plano de ação. É importante ressaltar que uma equipe bem capacitada aliada a uma boa comunicação e uma pesquisa de mercado eficiente fazem a diferença, pois muitas vezes mais vale estratégias bem definidas que dinheiro na mão.

É importante criar um planejamento compatível com sua realidade financeira para viabilizar a abertura de seu empreendimento de maneira a não gastar todo o seu dinheiro no início do negócio.

2. O empreendedor já nasce com habilidades singulares

Aqui está outro mito no universo corporativo. Os empreendedores de fato têm características e aptidões diferenciadas dos demais profissionais, mas isso não quer dizer que eles já nasceram com tais habilidades.

Pelo contrário: muitos deles investem em cursos de capacitação, vão a palestras de negócios, conversam com especialistas no ramo e procuram se inteirar melhor do mercado de trabalho e da economia atual para assim se tornarem aptos a empreender. Os atributos para ter sucesso nas finanças podem sim ser conquistados por meio do aperfeiçoamentos e dedicação do profissional.

Por isso, jamais diga que você não tem o devido potencial ou característica para se aventurar no mundo dos negócios. Afinal, as habilidades para ser um empreendedor podem ser adquiridas no decorrer do tempo e até mesmo moldadas.

3. O trabalho se torna mais fácil e flexível

Esse é mais um dos enganos que precisa ser esclarecido. Na verdade, os empreendedores possuem uma rotina totalmente turbulenta, marcada não só por problemas diários, mas também por assuntos que demandam atenção e pensamento rápido.

Diferentemente de um colaborador, parceiro ou funcionário, que tem um expediente determinado; o empreendedor trabalha com extensas cargas horárias e dificilmente desliga um telefone. Afinal, ninguém tem mais interesse em fazer com que a empresa dê certo que o próprio dono do negócio, concorda?

Por isso, prepare-se para algumas noites em claro em busca de alternativas eficazes para ajudar no crescimento e consolidação de sua marca.  Escolha um ramo em que possa agregar trabalho e lazer para tornar suas preocupações menos exaustivas.

Então, não acredite quando falaram que o trabalho do empreendedor é mais fácil e flexível que os demais. Afinal, para fazer com que a empresa consiga bons resultados é necessária muita dedicação e até lá a jornada é árdua.

4. É preciso correr riscos sérios no empreendedorismo

Já dizia o ditado que “quem não arrisca não petisca”, certo? Mas aqui a história não é bem assim. Não há dúvidas que, às vezes, é necessário sim correr certos riscos, contudo é preciso analisar cuidadosamente o cenário e verificar se as possibilidades estão propícias para realizar o investimento.

Então, nada de mergulhar de cabeça no negócio só porque acha que dará certo. Antes de tomar qualquer decisão, certifique-se de que todas as variáveis foram levadas em consideração e que o resultado positivo é mais provável do que o negativo. Nesse sentido, franquias costumam ser excelentes opções.

Pode apostar: os empreendedores não encaram qualquer tipo de projeto ou negócio. Eles primeiro avaliam e ponderam sobre todos os aspectos para só depois tomar uma atitude.

5. O dinheiro é o que motiva o empreendedor

Não acredite nessa assertiva, afinal os empreendedores que pensam assim provavelmente não terão êxito. A finalidade do trabalho não é somente obter lucros a qualquer custo e para qualquer objetivo. Assim, é preciso pelo menos simpatizar com o trabalho, garantindo sobretudo excelência tanto no produto oferecido como no atendimento prestado.

O dinheiro, nesse contexto, é apenas uma consequência do negócio. Os empreendedores investem em ideias, pois acreditam que elas serão revolucionárias e, com certeza, trarão benefícios imensuráveis para o público-alvo.

Eles pensam que encontraram a solução para uma necessidade específica do cliente, que até então não sabia como lidar com uma situação. De formal geral, o dinheiro é a recompensa e não o objetivo.

6. Nada no Brasil vai para frente, nem mesmo um negócio promissor

Não é preciso muita explicação para compreender que essa assertiva é falsa. Pode ser que o país adote regras tributárias e trabalhistas mais severas, o que acarreta em processos um pouco mais demorados e burocráticos. Mas esse é apenas um mecanismo de garantir que as leis sejam cumpridas e que o funcionamento da empresa esteja de acordo com a legislação.

As pessoas que usam essa justificativa para não empreender estão cometendo um erro. Se fosse assim, ninguém empreenderia. Desde que haja um plano compatível com a sua realidade e expectativa, há grande chance do negócio obter êxito, independentemente do local.

7. Tem que ser jovem para empreender

Pense bem: se a pessoa tem uma ideia plausível, um planejamento bem estruturado, muita disposição e um determinado capital, o fator idade vai atrapalhá-la a colocar em prática o negócio? A resposta é bem óbvia, não é mesmo?

É por isso que a questão da idade não é fator determinante. Em algumas situações, a maturidade adquirida com o tempo pode até facilitar o trabalho, uma vez que o empreendedor terá mais experiência para lidar com certas questões. Use o tempo ao seu favor e não contra você.

Enfim, empreender não é uma das atividades mais fáceis e, com receio de se arriscar, algumas pessoas preferem simplesmente criar justificativas infundadas. Nota-se que em alguns casos o único empecilho para o sucesso do empreendimento é a própria insegurança e indecisão do indivíduo.

Agora que já sabe quais os principais mitos sobre empreendedorismo, descubra como perder o medo de empreender.


TRIBO FITNESS

Blog

Foto: divulgação