A Escalada E O Profissional De Educação Física No Brasil

Olá, fui convidado para escrever sobre a polêmica que existe na escalada da atuação dos profissionais de Educação Física nesta área. Sei que é um tema difícil, mas depois de mais de 20 anos trabalhando com Educação Física e escalada, não poderia me furtar de opinar sobre o tema.

Para começar o assunto é necessário olhar para a história e a geografia. A cultura de montanha surgiu nos Alpes e de lá se espalhou para o mundo, porque a geografia local convida a ascensão e a Europa desde o renascimento é o epicentro cultural da humanidade.

A associação de 15 picos com mais de 4.000 metros, com o desejo de dominação europeia sobre o restante do mundo, tornou-os ávidos por alcançar as maiores altitudes. Assim, nasceu uma atividade esportiva com algumas peculiaridades:

  • Ela envolve os riscos e perigos da verticalidade.
  • Contém uma relação direta com a natureza selvagem em ambientes inóspitos.
  • Desperta o interesse pela auto superação.
  • Revela a necessidade de reconhecimento pelo esforço corporal que a prática exige.

Este conjunto de desafios levou os países com grandes montanhas à especialização na modalidade e ao aparecimento de grandes escaladores em diferentes tipos de escalada, alta montanha, cascade, tradicional, big wall, esportiva, boulder e indoor.


Veja texto completo em anexo.