Características Cinemáticas Da Pedalada Em Ciclistas Competitivos De Diferentes Modalidades

O objetivo deste estudo foi comparar a cinemática de pedalada em ciclistas de duas modalidades diferentes (estrada e mountain-bike). A aquisição dos dados foi feita usando o sistema Peak Motus, sendo analisado o comportamento angular da coxa, joelho e tornozelo enquanto os ciclistas pedalaram em intensidade relativa ao segundo limiar ventilatório. Os resultados foram analisados estatisticamente com teste t de Student a cada 30º do pé-de-vela, não mostrando diferenças entre as modalidades. Entretanto, a cinemática do tornozelo apresentou grande variabilidade. A característica encontrada para o tornozelo possivelmente seja um fator decisivo para diferenças na técnica de pedalada entre os ciclistas destas duas modalidades, em relação à aplicação das forças no pedal.

Veja texto completo em anexo.