4 Formas Fáceis De Praticar Atividades Físicas Com A Criançada

Praticar atividades físicas juntos proporciona bons momentos para conversar e manter uma boa relação entre pais e filhos.

A infância e a adolescência são os melhores momentos para absorver a ideia de que as atividades físicas podem ser benéficas e prazerosas. Guardar esses conceitos nas memórias cerebral e muscular desde cedo certamente vai fazer diferença mais tarde.

No entanto, a obesidade infantil já chega a índices alarmantes. A criançada de hoje manda ver nos games, no fast food, e está perdendo o hábito de se exercitar. Como os pais podem agir para mudar essa realidade e criar hábitos saudáveis? Aqui vão algumas dicas:

Dê o exemplo

A melhor forma de incentivar os filhos a praticarem atividades físicas é dando o exemplo, praticando. Quando as crianças têm o exemplo dos pais ativos, a atividade física torna-se um hábito, não uma obrigação.  Por isso, se você é pai, mãe ou responsável por uma criança, dê o exemplo, comece por você mesmo e proponha alguma atividade que vocês possam fazer juntos!

Pais fisicamente ativos transmitem esses padrões para os filhos. E isso não é só senso comum não, é ciência: Uma pesquisa publicada em 1991 pelo Journal of Pediatrics afirma que uma mãe ativa dobra as chances de seu filho também ser ativo; já se o pai for ativo, a criança tem 3,5 vezes mais chances de ser ativo. Quando pai e mãe são ativos, o filho tem 5,8 vezes mais chance de ser ativo quando comparado a uma criança que não tem esse exemplo dos pais.

Brincar

Criança adora quando o adulto brinca. É o momento em que o adulto entra no seu mundo, no seu imaginário. Explorar esse universo lúdico através das brincadeiras é uma boa maneira de estimular o hábito da atividade física. Aprenda quais são os jogos e brincadeiras da garotada de hoje, brinque junto, ensine alguma brincadeira do seu tempo de criança. Essa troca é fantástica.

É importante misturar os exercícios com alguns estímulos lógicos. Jogos que envolvam correr, pular, chutar, agarrar, dançar são ótimos. A criança vai se exercitar sem se dar conta disso, desenvolvendo o repertório motor enquanto se diverte.

Esportes

Às vezes, falta aquele desafio para você ou seu filho(a) se encorajarem em uma atividade física, e nesse caso, o esporte tem muito a oferecer. Devemos encorajar as crianças a descobrirem diferentes esportes, individuais e coletivos, e você, claro, pode e deve praticar junto!

Os esportes coletivos trabalham a noção de cooperação e trabalho em equipe, valores fundamentais para a cidadania. Mas também é importante que a criança experimente esportes individuais, para que ela desenvolva sua individualidade e protagonismo.  Deve-se considerar a viabilidade do esporte e a vontade da criança, e é fundamental que a criança esteja se divertindo, e não praticando por obrigação.

Idas ativas

Se você mora perto da escola, que tal deixar o carro na garagem e levar os filhos para a escola a pé? Acredite, você não vai perder tempo, você vai ganhar! Fazer alguns trechos a pé é uma grande oportunidade de, além de queimar algumas calorias e ativar a circulação, conversar com o seu filho(a), conhecer melhor o seu bairro, ensinar e aprender coisas novas.

Guarani Sport

Foto: Divulgação