Nutricionista Lista Cinco Piores Alimentos Consumidos

A correria do dia a dia costuma ser desculpa para que muitas pessoas dêem preferência a alimentos industrializados, considerados práticos e saborosos. Por este motivo, o consumo de produtos muito calóricos e pouco nutritivos tem contribuído para o aumento no número de pessoas com excesso de peso no Brasil, que já chega a 115 milhões de brasileiros.

Segundo a pesquisa recente da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde, o excesso de peso passou de 42,6% em 2006 para 53,8% em 2016, um incremento de 26,3%. A nutricionista Laila Freitas, da Clínica da Obesidade, instituição referência no combate à doença, listou, dentre os inúmeros produtos, os cinco alimentos que estão na rotina da maioria dos brasileiros e que devem ser evitados: refrigerante, biscoito recheado, nuggets, sanduíches fast food e batata frita.

De acordo com a nutricionista o refrigerante é rico em açúcar, sódio e produtos químicos. “Alguns estudos relacionam consumo excessivo de refrigerante a doenças crônicas como obesidade e síndrome metabólica”, explicou Laila, que sugere substituir a bebida por sucos naturais e água de coco, opções que até podem, inclusive, serem mais calóricas, porém mais nutritivas por fornecerem ao corpo vitaminas, minerais, fibra e boa hidratação.

Já o biscoito recheado possui substâncias com alto potencial viciante como sódio, açúcar e gordura alto valor calórico e baixo valor nutricional. “Substituir por cookies protéicos é uma boa alternativa”, alegou a profissional. No caso de nuggets, é um alimento rápido e de fácil preparo, porém rico em gordura saturada (ruim), “além de possuir conservantes químicos que quando ingeridos em excesso estão associados a doenças crônicas e ao câncer”, revelou Laila. Como alternativa saudável, a nutricionista aconselha preparar seu próprio frango empanado e usar gergelim em substituição da farinha de trigo.

Outro alimento comum na vida de muitos brasileiros é o sanduíche fast food (carnes processadas), rico em açúcares e gorduras com baixíssimo valor nutricional. “Além de possuir uma fonte protéica ruim, sendo praticamente provindas das carnes processadas cheias de aditivos químicos, são “temperados” com molhos ricos em sódio”, alerta Freitas. Como opção mais saudável, a profissional de saúde indica preparar seu próprio sanduíche com um pão integral ou até mesmo protéico, adicionar carnes magras e nutritivas, e sempre ter vegetais como os folhosos e legumes como cenoura ralada.

Por último, vem a batata frita, rica em carboidratos simples que se transformam rapidamente em açúcar no corpo, aumentando a glicemia e predispondo a obesidade e piora de doenças relacionadas com o metabolismo glicídico como o diabetes. “Uma boa alternativa seria a troca por carboidratos de baixo índice glicêmico, como no caso da batata doce, preparada assada e com adição de canela para controlar a liberação do açúcar”, completa Laila Freitas.


TRIBUNA DA BAHIA

Saúde

Foto: divulgação