Normas De Conduta E ética Profissional Para Academias

Reunir em um manual as normas de conduta e ética profissional na sua academia pode poupar muita dor de cabeça, evitar mal entendidos e servir de respaldo para advertir um funcionário. A advogada Joana Doin, especialista em Direito Trabalhista e com enorme experiência com academias vai além e sugere que a academia tenha um regulamento interno, pois segundo ela possui força de lei, vai além das normas de conduta. Nele podem constar jornada dos horista, comissionamento de consultoras de venda, responsabilidade civil sobre lesão, furto e roubo, políticas salariais etc.

Escrever o regulamento interno é algo trabalhoso e que necessita de respaldo jurídico, pois versa também sobre questões trabalhistas, minha sugestão é que se faça um esboço e contrate um advogado para fazer a versão final.

Fazer apenas um manual de normas de conduta e ética profissional é bem mais simples e pode ser um bom começo para você organizar e deixar claro para seus colaboradores o que é permitido e o que é proibido na sua academia.

Há alguns (muitos!) anos atrás colaborei para elaboração de um manual de normas de conduta e ética profissional de uma academia em São Paulo, além das normas ele trazia algumas dicas que por mais óbvias que possam parecer algumas vezes eram “esquecidas” pelos funcionários.

Aqui vão algumas ideias do que vocês podem colocar nesse manual. Como são apenas ideias devem ser adaptadas e aprimoradas para a realidade de cada um. Aqui usarei termos gerais para facilitar o texto, mas lembre-se que quanto mais específico for, mais fácil de cobrar.

  1. Todo professor é subordinado ao coordenador de sua área;
  2. Todo professor deverá portar sua cédula de identidade profissional (CREF) durante o expediente de trabalho;
  3. Todo professor deverá usar uniforme da empresa quando a serviço da mesma;
  4. Todo professor deverá tratar a todos os alunos de forma igual, sem distinção de cor, idade, sexo, religião ou ideologia;
  5. Todo professor deverá ser cordial com seus colegas e superiores;
  6. É vedado o uso de bonés ou qualquer tipo de chapéu que não faça parte do uniforme da empresa;
  7. Todos que tiverem cabelos compridos devem mantê-los presos para trás;
  8. É permitido apenas o uso de calçados esportivos (tênis);
  9. Todos os comunicados da empresa serão enviados para o e-mail profissional criado pela academia, é dever do professor checar o recebimento;
  10. Caberá ao professor participar das reuniões sempre que solicitado;
  11. É proibida a presença do professor na recepção, dentro ou fora do seu expediente de trabalho;
  12. É proibido ao professor sentar-se ou encostar-se nos equipamentos durante o seu expediente de trabalho;
  13. É proibido ao professor usar o celular durante o expediente de trabalho;
  14. É proibido ao professor usar a internet durante o expediente de trabalho;
  15. É proibido fumar ou consumir bebidas alcoólicas quando a serviço da empresa.
  16. Caberá ao professor manter a organização e limpeza da sala entregando-a em condições de uso para os professores do próximo turno;
  17. Caberá ao professor registrar em caderno específico todos equipamentos que necessitarem de manutenção;
  18. É proibido comer ou usar goma de mascar durante o expediente de trabalho;
  19. É proibido treinar durante o expediente de trabalho;
  20. Peça licença, avise sempre que for tocar um aluno para fazer correções.


FIQUE IN FORMA

Personal Academia & Cia

Foto: divulgação